Treino a pares ou como estar orgulhosa de uma amiga

01 janeiro, 2017


Sou daquelas pessoas que prefere treinar sozinha do que acompanhada. Não por ser um bicho do mato do pior mas porque fico mais concentrada quando estou sozinha, ou só com o Personal Trainer. Acontece que ultimamente já treinei 3 vezes aos pares e correu bastante bem. Sinto sempre que não estou a dar o litro porque perco mais tempo na conversa mas os exercícios custam menos a passar e, quando damos por isso, já terminou o treino. A Joana Gama ( do blogue "A Mãe é que sabe") foi a minha última companheira de treino e o objetivo era fazermos exercícios que necessitassem mesmo de um par para serem feitos. Assim, nunca nenhuma de nós esteve parada e a competição aumentou. Conheço a Joana há 8 anos e sei que foi abençoada com umas coxas invejáveis e uma gula desmedida por melões de pastilha elástica. O exercício físico para ela era pura falta de tempo...até experimentar e perceber como se tornou uma mulher mais saudável e - how shocking - mais confiante! Eu sou só alguém que nasceu como trinca-espinhas e continua na luta por ter mais força de braços e um corpo saudável o suficiente para poder subir ao Machu Piccu quando tiver 80 anos. Agora é carregar no Play para sacarem ideias de treinos a pares. Este foi dado pelo #melhorptdomundo, o da Joana.