Primeira lista de compras para o bebé

Fazer o Ninho é bonito, sim senhor, mas dá um trabalhão

18 julho, 2017


Há muito que não escrevo sobre as aulas de preparação para o parto que andamos a fazer com a Enf. Sónia e a Enf. Susana da Vou Nascer. Como já tinha escrito anteriormente, as aulas são escolhidas por nós consoante as nossas necessidades enquanto pais e aquilo que consideramos mais relevante de ser aprendido.

Depois do Despertar da Consciência com a Enf. Sónia, foi a vez de ouvir a Enf. Susana falar de Vigilância de Saúde do bebé. Uma aula só para nós que durou quase 3 horas graças às inúmeras dúvidas que aproveitámos para tirar. O que aprendemos?

  • Que é normal os bebés nascerem com manchas, icterícia e uma cabeça com formato esquisito mas tudo vai ao seu lugar com o tempo;
  • Que os bebés querem tanto dormir como nós e precisamos de criar rotinas familiares para que ele perceba que está na hora. Por exemplo, usar uma música específica para a hora de dormir é uma boa ideia - na loucura, sermos nós próprios a cantá-la para o bebé;
  • Afinal o bebé tem frio ou calor? Devemos medir a temperatura no peito (já que pés e mãos vão estar sempre mais frios) e, por norma, o bebé precisa de vestir mais uma manga do que os adultos.
  • Não existe manual de instruções para nenhum bebé e não há ninguém melhor para identificar o que o bebé quer e precisa do que os próprios pais que são quem passa mais tempo com ele.

Entretanto, numa 3ª aula, a Enf. Sónia veio até nossa casa ajudar-nos a fazer o ninho: o que precisamos OU NÃO de comprar para o bebé, como dispor as coisas pelo quarto de modo a estarem mais à mão e como, no fundo, devemos acolher da maneira mais confortável o nosso bebé. Super útil!

Antes de comprarem 70 bodys para o primeiro mês e 7 biberões diferentes é melhor lerem esta lista. Poupem dinheiro e não se enervem.

  • Se nem nós devemos usar químicos em cima da pele, imaginem os bebés! Tudo o que seja para estar diretamente em contacto com a pele do nosso tesourinho ( já falo assim, desculpem) convém que seja 100% algodão e sem tintas. Optem pelos brancos e neutros e, claro, as marcas portuguesas.

 A primeira roupa do Eusébio: comprei tecido e a avó Lídia fez a bolsa; gorro e sapatinhos Verbaudet, body e babygrow da Knot. Tudo em saldo :D

  • Organizem a roupa do bebé por conjuntos. 8 conjuntos para o primeiro mês são suficientes. 1 roupa interior + 1 roupa exterior + acessórios ( meias SEM ELÁSTICO, gorros, luvas, etc)
  • Os bodies cruzados são os mais fáceis de vestir e despir.
  • Cortem aquelas etiquetas de dentro. Por vezes o bebé chora simplesmente porque essas etiquetas o estão a magoar.
  • 2 toalhas de banho
  • Zara Home: 7,99€ em saldo, claro!
  • 3 gorros de algodão: comprei os 3 na Verbaudet e ficaram a cerca de 4 euros, cada.
  • Mantas de algodão, lã ou linho - nada de polar nem de fibra, está provado que são materiais que podem criar problemas respiratórios no bebé e aumentam a probabilidade do síndrome de morte súbita!
  • 3 conjuntos de lençóis: vou usar o berço Next 2 me da Chicco nos primeiros meses e não tem medidas standard mas os lençóis ideiais são os de 120 x 60. Estes da Rebento servem perfeitamente e são de fibra de bambu!

  • 12 fraldas de pano

Não tenho 12 mas tenho umas 8. Aproveitei duas que foram minhas- sim, eu usei fralda de pano para dormir até aos 10 anos. Esta é da Rebento e 100% de algodão biológico. Adoro-as assim simples mas, mais uma vez, a avó Lídia também tratou de coser fitinhas bonitas em algumas.

O que vos parece esta lista? Em termos de roupa é possível que me esteja a esquecer de alguma coisa essencial? A avó Lídia já tratou de lavar tudo e agora estou a  preparar a FAMOSA mala da maternidade. Optei por uma coleção vintage da Mustela que tinha a oferta dos cremes e é exatamente da cor que eu queria - Bege. Ando a fugir dos azuis desde o início, mas sobre isso falamos no próximo post :)