Radio Girl






O entretenimento é primitivo

O entretenimento é primitivo, faz-te esquecer quem és, oferece-te aquela falsa descontração para que te vás esquecendo que a vida, no fundo, não tem propósito algum. Mas o entretenimento move-se num espetro pequeno. Não aprofunda, não escarafuncha e não se leva a sério. Gosto disso mas sinto falta do resto. De saber mais sobre as declarações de rendimentos da malta da CGD, de tentar estar do lado da Catarina Martins sempre que ela fala, de fotografar a paisagem em vez de tirar selfies, logo eu que nem sou a maior fã de selfies e muito menos boa fotógrafa! Achei que ia ter um pouco mais desta seriedade, deste pseudo-objetivo de pessoa adulta, com o mestrado em Relações Internacionais. Fiquei a saber mais sobre política externa, a importância (ou não!) da NATO e jogos diplomáticos, mas hoje, quase 10 anos depois, a tese ficou por fazer e continuo sem perceber muito de política, seja internacional ou de esquina. Sei, contudo, que só não percebo porque não me interesso.  Foi assim com a matemática e com a catequese. Não gosto, não quero saber. E assim chegou o entretenimento à minha vida, sem que eu o procurasse ou quisesse E chegou como uma espécie de fuga para quando não quero enfrentar aquilo que acho que não vou gostar. FIM.


Belinha n' A Pipa e o Paleo

Como assim a Belinha consegue fazer pranchas de 10 minutos? Para já foi só 1 mas daqui a um mês a equipa toda vai ter que fazer a entrevista em prancha. Foi promessa! Será que um mês de treino é suficiente? Heeeeelp!

Confirma-se: a felicidade e energia da Belinha são mesmo genuínas. A Pipa e o Paleo é uma rubrica healthy cenas da Tarde, comigo e com o Paulo Pereira. Todas as segundas-feiras, às 17h, um novo convidado com conselhos ou simplesmente coisas para dizer sobre como ter uma vida mais ou menos saudável. E se nos rirmos um bocadinho é porque a coisa está mesmo a resultar.


Só Que Não - El Portuñol de Jesus


O dia em que o Presidente da República quis tirar uma foto connosco

Inauguração das novas instalações do Grupo Renascença Multimédia.


"Quando for grande quero ser como tu"

Ou como fazer rádio numa viagem de finalistas