Chef em casa? Sim, por favor

05 julho, 2018


Não é segredo para ninguém que não tenho particular jeito para cozinhar. Auto-intitulo-me a “Rainha das Omeletes” porque encontrei nos ovos a minha especialidade -  embora  nem sequer os saiba fazer escalfados - mas tudo não passa de uma hipérbole muito bem construída. Coisas pequenas, simples e rápidas são aquelas onde me safo. O aborrecimento de um bife com arroz não me aquece o coração, e assar um cabrito já é pedir demasiado. Esclarecida esta parte passemos à maravilhosa noite que vivi na casa da Maria quando ela me convidou para jantar e me disse que tinha mandado vir um Chef. Porque posso não ser a maior da aldeia a cozinhar mas juro que sou muuuuito boa a comer. A Maria tinha os SupperStars lá em casa. Um serviço que disponibiliza menus idealizados e preparados por Chefs específicos. Tudo a obedecer à vontade máxima do freguês porque somos nós quem escolhe o chefe e o menu, consoante o mood, a ocasião ou os trocos disponíveis.

Carpaccio de camarão com abacate, muxama, tremoço e óleo de salsa [ o meu prato favorito do menu] e atum braseado em puré de couve-flor

Nós ficámo-nos pelo menu Beer Party, do Chef algarvio Vítor Veloso. Estava tudo delicioso e foi um alívio perceber que no fim não tínhamos que arrumar a loiça, o Chef trata também dessa parte!  Porque nem sempre podemos ou queremos sair de casa para poder ter uma boa experiência gastronómica, a SupperStars resolve esse problema com toda a comodidade. Só temos de indicar a morada, dia e hora a que precisamos de comer e pimbas: aparecem-nos logo todas as opções de menus incríveis que podemos escolher. Achei por bem deixar-vos a sugestão porque toda a gente sabe como as conversas fluem melhor quando há boa comida sobre a mesa.